terça-feira, 28 de junho de 2011

Foto que motivou a criação do grupo "Documento Ditadura"

Brasil 1964 Ditadura Nunca Mais (Bate Papo no Facebook)

Postagem Dag Vulpi 01/04/2011
Publicação Wagner Marins 


No dia 31/03/2011 o Sr. Wagner Marins Publicou uma foto (esta a esquerda) na page do grupo "Consciência Política Razão Social" no facebook. De imediato ela gerou (como não poderia ser diferente) reações e imediatos comentários dos participantes do grupo. A primeira a se manifestar foi a Sônia Godoy, em seguida houve uma sucessão de publicações. Participaram do bate papo: 

1 - Sônia Godoy;
2 - Rodrigo Tomé;
3 - Wagner Marins;
4 - Wilmar Oliveira Carpter;
5- Gerry Confort;
6 - Dagmar Vulpi;
7 - Joelson Mdz;
8 - Carlos Vecchio.

Conforme o bate papo foi evoluindo e as manifestações eram unânimes, eu sugeri fazer um documento baseando-se no que estava sendo debatido e convocaria todos os participantes do grupo e a comunidade do face em geral para um amplo debate, onde a partir deste debate seria elaborado um documento cobrando das autoridades que se faça justiça a todos que de alguma forma sofreram com a maldita ditadura. De imediato houve a aprovação de todos que estavam participando do bate papo, neste momento o Sr. Joelson também entrou no papo e sugeriu que o documento, e tudo mais que pudesse ser levantado sobre o assunto fosse divulgado em 31 03 2014, data em que o inicio do regime estará completando 50 anos.  
O Wagner Marins sugeriu que poderíamos fazer o debate via eventos, fizemos um pequeno teste e chegamos à conclusão da viabilidade de usar tal ferramenta para o debate. O evento foi criado com a data 07/04/2011 das 21:00 às 22:00 hs., os convites foram enviados. 

 SEGUE ABAIXO O BATE PAPO QUE ORIGINOU A IDÉIA "NA ÍNTEGRA"

Sônia Godoy : Muito triste ditadura opressão policial e militar parte suja de nossa história anos "de chumbo", onde Democracia era apenas um nome e um sonho, juntamente com os direitos constitucionais.   
Rodrigo Tomé : Esse tempo não pode voltar 
Wagner Marins : Jamais!!! 
Sônia Godoy :  Jamais mesmo o povo agora está forte!!!!   
Wagner Marins : Mas há muito o que conscientizar ainda. As gerações atuais!há  
Sônia Godoy : com certeza......  
Vilmar Oliveira Carpter : Agradeço a inclusão Wagner. Este foi o pior tempo que a minha geração viveu neste país...  
Gerry Confort : Valeu Wagner, minha geração, ainda ontem visando este 31/03, perguntava em uma publicação que assinei - Onde você estava em 64?  
Dagmar Vulpi : Neste dia 31 de março no ano de 1964 deu-se inicio a uma lamentável forma de governar um país. A amiga Sônia fez um comentário que sintetiza muito bem o seu significado. Porém, apesar de tantas coisas ruins que ocorreram neste ano, neste mês e neste dia 31/03/1964, sou obrigado a comemorá-lo, explico: Nasci exatamente nesta data. Trazendo felicidade para os meus pais.Começavam aí a sentir na pele o que representava aquele golpe, triste golpe que coincide com o inicio da minha estória. Felizmente faz parte de um passado, passado este que não pode ficar esquecido. Os que sofreram e pereceram lutando contra esta estupidez merecem reconhecimento, a exemplo de outros mártires, aqueles que ao menos tem um dia no calendário para serem lembrados. Os mártires modernos, os da ditadura militar, merecem ser reconhecidos como heróis, espero sinceramente que um dia isso aconteça. 
Vilmar Oliveira Carpter : Eu estudava numa Escola Técnica e sofremos pressões terríveis. Meu pai foi preso, amigos dele também enfim, talvez aí se explique porque eu sou dos que quer que os torturadores e assassinos sejam identificados publicamente e punidos...  
Vilmar Oliveira Carpter : E mais, não aceito 31 de março, mas 01 de abril como a data do início da ditadura no Brasil! 
Vilmar Oliveira Carpter : Wagner, para se conscientizar, temos que apurar e punir os culpados...  
Gerry Confort : Infelizmente ou felizmente eu estava lá, muitos de nossos amigos não podem comentar aqui por ausência de força vital, mas, meu amigo, muitos estão ai e traíram o ideal que movia aquela juventude, hoje repetem absolutamente aquilo que era combatido, estão no poder repetindo o que na época era uma ignomínia. A história se repete só que viu pode dizer, os demais vivem da propaganda infelizmente, teria muito a dizer, mas certamente este não é o espaço necessário.  
Wagner Marins : Eu tinha 6 anos de idade, mal sabia o que estava acontecendo, embora via quadros de generais na escola, não sabia o que era aquilo. Alguns anos mais tarde, 1970, eu corria pelas ruas com amigos comemorando os gols da seleção brasileira no México e não sabia que a cada rojão comemorativo de um gol, um brasileiro sumia ou estava levando PORRADA!!!! Com o passar do tempo, depois de ter que engolir "cavalos" mais valiosos que cidadãos, constatei de fato o que foi tudo aquilo. O que fizeram com as nossas raízes, nossa dignidade. Cumpre-nos, agora e sempre, conscientizar as gerações de hoje para que entendam o custo da democracia e o valor da cidadania.  
Wagner Marins : Sim, Vilmar, o dia 01 de Abril é o início tenebroso de 20 longos tenebrosos anos.  
Dagmar Vulpi : Vilmar tens meu apoio incondicional, gostaria muito de ver os torturadores identificados, publicamente humilhados e exemplarmente punidos. Quanto ao dia primeiro de abril para o inicio seria ótimo, eu poderia comemorar o meu aniversário sem remorsos. Grande abraço.  
Vilmar Oliveira Carpter : Em busca do meu pai, enfrentei na força dos meus vinte anos, os comandantes militares. Até hoje, não entendo o porquê de não terem me prendido mas disse coisas na cara, ofendi sem medo... Hoje uso este espaço na busca de que as pessoas se conscientizem que há necessidade de punir os torturadores e assassinos daquela época em que foram violados todos os direitos humanos que se pudesse imaginar...  
Vilmar Oliveira Carpter : Daquela data em diante, nunca mais torci pela seleção brasileira de futebol...Copa de 1970 e os milicos aproveitaram para tirar proveito da imagem dos jogadores e da euforia do povo, para mais se perpetuarem no poder...  
Vilmar Oliveira Carpter : Dagmar, nós temos obrigação de dar uma explicação para a gerações que não viveram isto e que com toda certeza devem nos chamar de covardes por não punir quem deve ser punido!  
Dagmar Vulpi : Vilmar vou preparar um documento baseado nos comentários feitos neste espaço e convocar todos os participantes do grupo "Consciência Política Razão Social" e todos os demais para um debate sobre o assunto. Com o apoio e participação de todos poderemos elaborar um documento (MAIS UM) e juntos cobrarmos as devidas providencias das autoridades que estão representando este povo. Conto com o apoio de todos os amigos que deram seus brilhantes depoimentos nesta bela iniciativa do Wagner Marins. Parabéns a todos.  
Wagner Marins : Perfeito! Dagmar. Conte com nosso apoio.  
Joelson Mdz : Dagmar, primeiro parabéns pelo seu aniversário, segundo: eu também estou com uma ideia parecida com a sua de fazer um documento sobre a ditadura militar no Brasil, com a participação das pessoas que eu conheço no facebook, tanto amigos quanto integrantes de grupos que eu faço parte. Porém, esse documento que eu quero fazer com a ajuda de todos é para ser criado, elaborado e primeiro divulgado no facebook e, quem sabe, publicar todo o material, que envolve fotos, vídeos da época, depoimentos de pessoas ainda vivas ou de quem deixou o seu antes de morrer como a Vera Silvia Magalhães. Mais ainda: seria uma pesquisa compartilhada na qual todas as pessoas que se comprometeram a ajudar no trabalho, pesquisariam pessoas ainda vivas que foram atuantes contra a ditadura e recolher seus depoimentos gravados com áudio e vídeo. E o principal é que este documento com tudo que nós reunimos ser publicado definitivamente no dia 31 de março de 2014, quando faz 50 anos do golpe militar. Esse, para mim, é o ponto de excelência de fechamento de trabalho coletivo. Ao fim, poderíamos sugerir ao Brasil que grupos se reunam e façam uma vigília do dia 31 para o dia 1º de abril como forma de afastar da cabeça de quem for, o desejo de que um período como aquele volte; talvez nem o desejo mas para mostrar para nossos "representantes" no poder nunca pensem em apoiar tamanho absurdo.  
Gerry Confort : Faltou sensibilidade minha na empolgação e me esqueci do Aniversário do Dagmar, e lendo o Joelson me dei conta. Parabéns Dagmar, saiba que o dia 31 é apenas uma convenção criada pela propaganda, aquilo tudo começou muito antes, Aproveito e dou meu reconhecimento a todos pelo entusiasmo demonstrado.   
Vilmar Oliveira Carpter : Boa idéia Dagmar. Sempre estarei a disposição para qualquer coisa que eu possa colaborar!   
Dagmar Vulpi : Agradeço ao amigo Gerry Confort pelo carinho! É muito bom participar desta integração de gerações, onde, UNS sentiram na carne o peso da maldita ditadura, sofreram toda sorte nas mãos de seus algozes, não suportaram e pereceram hoje ESTES n...ão passam de lembranças, OUTROS sofredores do terror nazista nacional sobreviveram, porém a dor e o trauma foi tal que perambulam por aí sem se atreverem a exigir do Estado o respeito e o reparo, por certo a violação foi tal que não haverá representação de valor que cobrirá o sofrimento daqueles. ALGUNS eram ainda muito jovens e perderam o que tinham de referencia, viram seus pais saírem e nunca mais retornaram aos seus lares. TODOS foram vitimas de alguma forma, agora temos como obrigação lutar, luta armada, armada com palavras, palavras de brasileiros que nunca esqueceram, e irão colaborar para que os jovens de um futuro próximo possam ler nas salas de aula, em seus livros didáticos a verdadeira história de um passado recente e vergonhoso, deste maravilhoso Brasil.  
Vilmar Oliveira Carpter : É como digo Dagmar, esta é uma luta de todos nós, de mostrar aos que não viveram este período tenebroso da nossa história a verdade dos fatos, e a punição dos torturadores e assassinos...  
Joelson Mdz : ninguém falou sobre minha ideia...eu querendo preservar a memória daquele tempo, tentando fazer um trabalho coletivo, no qual muitas pessoas vão ficar conhecidas pelo trabalho e ninguém diz se vai ajudar ou dá uma sugestão, faz alguma crítica...  
Vilmar Oliveira Carpter : Joelson, quando apresentastes a idéia, assim como o Wagner, eu me prontifiquei a colaborar, dentro do que eu possa. Agora se não apareceu o meu comentário, a culpa deve ter sido dessas coisas que vem acontecendo aqui no Facebook que os comentários desaparecem sem nenhuma razão!  
Dagmar Vulpi : Joelson com certeza a sua idéia está contemplada entre os comentários de todos, por tratar-se de consenso não foi dada atenção especial a pontos específicos, saiba que a sua participação será tão importante quanto a de qualquer um outro. Vo...cê tem ainda a seu favor a juventude, estou certo que ela será fundamental para podermos seguir em frente. Não sabemos ainda quanto tempo levaremos para conseguir nossos objetivos, espero que não, mas talvez só voce terá o privilégio de saborear o feliz desfecho de tudo isto. Grande abraço Joelson contamos com voce, esteja certo disso.  
Gerry Confort : Joelson, temos vivo na memória, uma parte desta historia, e tenho informações que podem ajudar qualquer projeto de resgate, se quiser estou por aqui  
Joelson Mdz : COMO DISSE GERRY, É TRABALHO COLETIVO. 
Wagner Marins : Podemos ordenar as idéias, planejar as tarefas, mas num espaço único, onde reuniremos todo material possível e executando de forma organizada, para não nos perdermos. 
Joelson Mdz : O Q ACHAM DE CRIAR UM GRUPO COM NOME: "DOCUMENTO DITADURA"  
Joelson Mdz : LÁ DEVERAM SER PUBLICADAS AS ATIVIDADES DE CADA UM COMO DEPOIMENTOS EM FORMA DE documento no grupo, fotos, vídeos 
Wagner Marins : Acho uma boa idéia. Mas não podemos nos perder em outros grupos, ou seja, não fragmentarmos o trabalho. Tudo nesse ínico espaço e, inicialmente, só os 4.  
Joelson Mdz : e no fim de cada mês organizaremos juntos a ordem das publicações  
Joelson Mdz : sim    
Dagmar Vulpi : Wagner felizmente temos ótimas ferramentas para isso, o face é meio instável, parece não ser muito seguro mas trata-se de uma ferramenta de resultados rápido, haja visto esta troca de idéias fita aqui. Precisamos usar o face mas em conjunto com um blog, para podermos salvar tudo nele, é mais seguro. Faço isso em parceria com a Fernanda Tardim com o grupo "Consciência Política Razão Social", estamos conseguindo um bom resultado.   
Wagner Marins : Podemos viabilizar dessa forma sim. Só reafirmando a questão de não tornarmos um "grupo" com várias pessoas para não nos perdermos. Será um espaço inicial apenas para irmos trabalhando no DOCUMENTO e ao final, divulgaremos de todas as formas.  
Joelson Mdz : mas devemos chamar pessoas dos grupos 'Esquerda unida e forte", "Union de los pueblos de nuestra America", do grupo de Dagmar: "Consciência..."; 
Wagner Marins : Dagmar, a idéia do Blog é excelente. Concordo plenamente.  
Wagner Marins : Joelson, a idéia do Blog (Dagmar) é bem satisfatória   
Dagmar Vulpi : Já temos algumas publicações a respeito da Ditadura em nosso grupo e no blog, poderemos continuar por lá, criar mais grupo poderá dispersar o 
Joelson Mdz : mas como disse, tudo que fizermos devemos a publicar definitivamente no ano de 2014, no dia 31 de março.  
Wagner Marins : Concordo com sua proposta, Dagmar. Criar mais um grupo vai dispersar mesmo.  
Joelson Mdz : GENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!  
Joelson Mdz :  OLHAAAAAAAAAAAA  
Joelson Mdz : Os nossos trabalhos devem ser publicados no aniversário de 50 anos do golpe militar, eu acho assim melhor, por isso dei a idéia do grupo  
Joelson Mdz : um grupo com a participação de Dagmar, Fernanda Tardin, Fernando, Wagner, Vilmar, Gerry, e talvez mais pessoas que sofreram tortura ou foram diretamente atingidos.  
Dagmar Vulpi : Tudo bem Joelson, concordo com voce, a não ser que apareça uma ótima oportunidade de chegarmos ao nosso objetivo antes de 2014, de qualquer forma os 50 anos serão uma data especial, tenha certeza.   
Joelson Mdz : por ser uma data especial q dei a ideia de publicar no ano de 2014  
Wagner Marins : Sou da mesma opinião. Agora vamos organizar as idéias na questão do nosso BLOG 
Gerry Confort : Vou dar um pitaco na conversa, alias muito boa, com boas intenções, na minha "organização", fazemos um apanhado geral das idéias primeiro, Por que? Para que?, Segundo, Onde? - Sugestão :- Quem tem o que? existem centenas de documentos públicos, e estes já estão divulgados, fazer a diferença é o que não foi dito ainda?  
Joelson Mdz : mas se fizermos blog todos vão saber antes, a não ser q o Blog sirva para chamar pessoas e publicar apenas depoimentos em vídeo  
Dagmar Vulpi : Podemos criar um novo, ou usar um dos que já existem, coloco o meu a disposição. http://dagmarvulpi.blogspot.com/   
Joelson Mdz : Excelente Gerry, era um pouco assim q eu pensei, não totalmente igual 
Gerry Confort : Alguem leu o que escrevi? 
Dagmar Vulpi : Joelson a intenção é fazer de forma que todos tenham acesso mesmo, quanto maior a participação maior será o acumulo de opiniões e material. o que acha?
Joelson Mdz : sim Gerry, eu li e concordei.  
Wagner Marins : É isso, Dagmar.  
Wagner Marins : Gerry, entendi seu "pitaco" e concordo que deva ser organizado nessa linha mesmo. Primeiro indentificar.  
Joelson Mdz : ENTÃO... CRIAMOS UM GRUPO OU UM BLOG?   
Dagmar Vulpi : Gerry estou certo que todos leram, voce será peça fundamental nesta empreitada. Você já tem algum material postado ou está guardado na sua memória amigo? 
Wagner Marins : Joelson, um Blog, que aliás o Dagmar já colocou o dele à disposição.  
Joelson Mdz : Gente, uma ideia para começar: criar um blog, dizer neste qualo seu intuito e começar com os primeiros depoimentos os de vocês   
Joelson Mdz : Os seus depoimentos abrirão as postagens no blog.  
Gerry Confort : Dagmar tenho na memória e tenho amigos que comigo viveram aquele momento, sugiro que façamos um apanhado do que nunca foi dito, e isto sim fará a diferença.  
Wagner Marins : Perfeito, Gerry  
Joelson Mdz : isso mesmo Gerry  
Joelson Mdz : mas ainda acho que vcs deveriam relatar primeiro no blog os seus depoimentos.  
Gerry Confort : Seria bom marcarmos por aqui uma reunião virtual, e conversarmos entre nós e lapidarmos a pedra antes de mostra-la  
Dagmar Vulpi : Perfeito, Gerry. Precisamos fazer algo novo, mostrar outras faces, isto criará um interesse maior.  
Wagner Marins : Sim, Gerry. Inteiramente de acordo. Uma reunião virtual naquele recurso EVENTOS, certo?  
Dagmar Vulpi : A idéia da reunião virtual é excelente, estou de acordo. Vamos estipular dia e horário que possa contemplar a todos. 
Joelson Mdz : Convidados(as): Vera, Fernanda, Fernando  
Wagner Marins : Joelson, primeiro vamos criar o EVENTO, ver como se comportará a nossa reunião virtual, nós 3 e o Vilmar. Em seguida começamos a selecionar as pessoas já indicadas por vc. 
Gerry Confort : Como fazer por aqui deixo a vosso critério, não sei, confesso, por aqui qual o melhor recurso 
Wagner Marins : Vou ver, fazer um teste em EVENTOS  
Gerry Confort : Evento? como funciona Wagner   
Wagner Marins : Gerry, veja no lado esquerdo superior de sua página inicial, lá tem o ícone EVENTOS. Ao clicar, terá um botão CRIAR EVENTO. Acho que aquele recurso permitirá agendarmos nossas reuniões virtuais. Vou criar, fazer um teste. Espera....  
Wagner Marins : Criei. Vejam se receberam um convite.  
Joelson Mdz : recebi 
Wagner Marins : Convidei Vilmar, Joelson, Dagmar e Gerry
Dagmar Vulpi : Já recebi e confirmei presença, aparentemente funciona muito bem para ajuntar a equipe, precisamos ver como funciona as ferramentas para o bate papo. 
Gerry Confort : já estou lá e perguntei algo, vamos prá lá?, receberemos aviso de postagens lá ou não 
Dagmar Vulpi : Sim já te respondi Gerry.  
Carlos Vecchio : Que esta data seja tristemente lembrada todos os anos. E que um golpe asqueroso como o de 64 nunca mais volte a acontecer.

1 comentários:

Wagner Marins disse...
Isso é um trabalho respeitável!!! Meus parabéns, meu nobre amigo Dagmar. Wagner Marins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo, Participe!

Curta a nossa pagina

Ocorreu um erro neste gadget

Participe do grupo no Facebook

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget
“Este é tempo de divisas, tempo de gente cortada. É tempo de meio silêncio, de boca gelada e murmúrio, palavra indireta, aviso na esquina.”
Carlos Drumond de Andrade