segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Israel

Criação de israel foi e ainda é um projeto colonialista! Assistam ao video

amigosdatvbrasil.blogspot.com
La primera gran mentira mediática es que se dice que Israel fue creada en reacción al genocidio de los judíos en 1940-1945.
Paulo Oisiovici Anti-semitismo é racismo, crime imprescritível e inafiançável!
Paulo Oisiovici Abaixo o neo-nazismo!!!
Nelba Nycz anti semitismo, onde viu isso?
Fernanda Tardin Paulo, não vi nada de anti semitismo, vi informação . Mas que os judeus tem culpa no cartorio tem. Caso nao tivessem , não teriamos sempre que citada a historia confusao desta ordem, rsrs a história que é real. o anti semitismo tá na cara.........relaxa hermano: o plantio é livre , a colheita obrigatoria... bjao
Nelba Nycz oque achei interessante é que os semitas são os palestinos, que sempre estiveram lá. Concluo que os sionistas é quem praticam o anti-semitismo, será que irão presos, a ONU vai sancionar israel/eua? Comunidade Internacional vai se pronunciar? Devolverão as terras aos verdadeiros donos? Pagarão indenização, serão julgados?
Paulo Oisiovici Fazer esse tipo de comentário é ir na onda da mídia e entrar no jogo do imperialimo que fomenta o conflito para garanti seus interesses econômicos. Informação faz bem, mas quando devidamenente processada com rigor metodológico e criticidade histórica... Os judeus também tem direito a uma pátria... E a "civilização" ocidental tem uma enorme e inuestionável dívida histórica para com eles... Ou se partilha do discurso nazista de Bento XVI de que o Holcausto foi uma mentira?
Nelba Nycz todos as pessoas do mundo tem direito a pátria. Judeu não é povo, é religião. Michel collon é um dos jornalistas-investigativos​ buscando a verdade, nao do padrão globo - sionista- reconhecido internacionalmente, juntamente com Ilan Papé e outros.
Nelba Nycz Creioque todos devamos ser pela verdade, ainda que doa!
Nelba Nycz Palestinos são semitas, os sionistas e o povo enganado é que se tornaram anti-semitas.Paulo Oisiovici E o que é a verdade? Ainda não a encontrei, por isso, busco por ela, ao invés de inventar uma para enganar a mim e aos outros, e de repetir o que a mídia divulga, como se fosse um papagaio...
Nelba Nycz onde vc vê amidia divulgar que israel é sionista, que ela rouba, assassina e cria o Holocausto mais longo da história deste planeta? Já viu a ONU sancionando israel, eua e os outros países que fazem parte de circulo? A midia mostra os assentamento que nao param desde 1948?
Nelba Nycz porque aquilo que vc chama de midia, eu chamo de latrina, de catequese, de lixo!Paulo Oisiovici Nem todos os judeu são sionistas. Isso é preconceito, intolerância, generalização e muita falta de informação... Judeu não é religião. Vá estudar ao invés de ficar falando do que não sabe e dissimulando sua ideologia nazista, fascista... Sou ateu e sou judeu... Meu pai, era judeu e ateu... Marx era judeu e ateu, assim como Trótsky, Bertold Brecht, Theodor Adorno, Walter Benjamin, Hannah Arendt, Rosa Luxemburgo, Maurício Grabois, Vygotsky, dentre tantos outros... Judeu não é religião. É etnia. Darcy Ribeiro em "O Povo Brasileiro", faz uma comparação com base científica, antropológica, entre se ser índio e se ser judeu...
Paulo Oisiovici Se esse discurso anti-semita, racista, preconceituoso, desinformado, continuar, vou ser obrigado a me valer da Constituição Federal, da legislação nacional específica e da Declaração Universal dos Direitos Humanos... A rede globo, que você garante sua audiência e é sua principal fonte de coleta de jargões e dogmas para seus discursos. É ela que veicula essas "informações". Toda a forma de intolerância étnica é desrespeito aos direitos humanos. Existe uma coisa chamada auto-determinação dos povos.
Nelba Nycz Rede globo veicula estas informações??? qdo viu isso, ela é a latrina do imperialismo! eu nao falo das pessoas que professam a religiao judaica, eu falo dos sionistas e vc entendeu perfeitamente. Judeu é religiao e nao raça. semita sao os palestinos, inclusive! a constituiçao ou seja láo que deseje fazer terá que contra aqueles que estao assassinando e roubando bens alheios há mais de 60 anos. Qual parte da Declaração dos DH irá utilizar para defender os palestinos? Qual lei usará em prol do tratamentodesumano imposto aos palestinos?
Nelba Nycz quem disse que os judeus sao sionistas? qual a sua defesa para o que ocorre hoje na Palestina? vc está de acordo com o que lá acontece?
Nelba Nycz Se como disse judeu não é raça, que raça não existe, como alguem poderia fazer discurso racista?
Nelba Nycz onde está o preconceito e a intolerância?
Nelba Nycz O que ocorre na Palestina há 60 anos é tolerância?
Nelba Nycz Há preconceito, racismo, intolerância na Palestina hoje, por parte de quem>?
Nelba Nycz boa noite!
Paulo Oisiovici E no Brasil? Por parte de quem?
Paulo Oisiovici Isso você terá a oportunidade de dizer a um juíz. Boa noite e pare de ler Hitler, Mussolini, Nina Rodrigues, pare de assistir a Rede Globo de Telealienação e estude para não falar do que não conhece. Isso é preconceito.
Paulo Oisiovici Judeu não é religião e nem raça. O conceito raça não tem fundamentação científica. Apenas os racistas usam esse termo. Judeu é etnia. Não fale do que você não conhece. Isso é preconceito, uma atitude irresponsável. Não ataquei os palestinos... em momento algum. Você atacou ao meu povo e a minha etnia. Tive o cuidado de salvar todos os seus comentários. Portanto, não adianta apagá-los. Não assumir seus atos, revela desvio de caráter. Você será oportunamente citada por um oficial de justiça. Mesmo que esconda o endereço, será citada por edital. Por que você não pergunta quem indenizará os judeus pelos bens que lhes roubaram e pelo extermínio de seus parentes durante o Holocausto? Quem primeiro ocupou a Palestina? Seu ódio aos judeus é o mesmo de Adolf Hitler. O mundo é para todos. Logo, para os judeus também. Ou você defende o extermínio dos judeus? Pensei que nesse grupo não se permitisse a divulgação de discursos racistas e étnico-cêntricos. A força dos judeus reside na preservação de sua cultura, de sua identidade. Por isso, Hitler não conseguiu exterminar-nos ninguém conseguirá. Abaixo o anti-semitismo dissimulado ou aberto! Abaixo neo-nazismo! Abaixo o preconceito, a falta de informação e os papagaios que repetem discursos de outros, sem saber o que falam, como papagaios! Respeito aos direitos humanos. Repito: Nem todos os judeus são sionistas. Isso é preconceito, intolerância, generalização e muita falta de informação... Judeu não é religião. Vá estudar ao invés de ficar falando do que não sabe e dissimulando sua ideologia nazista, fascista... Sou ateu e sou judeu... Meu pai, era judeu e ateu... Marx era judeu e ateu, assim como Trótsky, Bertold Brecht, Theodor Adorno, Walter Benjamin, Hannah Arendt, Rosa Luxemburgo, Maurício Grabois, Vygotsky, dentre tantos outros... Judeu não é religião. É etnia. Darcy Ribeiro em "O Povo Brasileiro", faz uma comparação com base científica, antropológica, entre se ser índio e se ser judeu...Paulo Oisiovici ‎"Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito".
(Albert Einstein)

Paulo Oisiovici Será brevemente citada por um juíz. Como disse a Fernanda Tardin, "o plantio é livre, a colheita obrigatória"...
Natalia Forcat Paulo, pare de ser ridículo! Vocês sionistas querem calar a boca de todo mundo com suas ameaças mas não colam mais!
Natalia Forcat Vejam aqui o que judeus antissionistas dizem: http://www.palestinalibre.​org/articulo.php?a=33704
Denunciar el sionismo no es ser antijudío 
www.palestinalibre.org Somos una red internacional de judíos incondicionalmente comprometidos con lasNatalia Forcat Isto Está em Inglês no site da rede judaica antissionista internacional.
Natalia Forcat El sionismo es racista. Demanda poder político, económico y legal para las personas y culturas judías y europeas por encima de los pueblos y las culturas autóctonas. El sionismo no solo es racista sino antisemita. Respalda la imaginería antisemita europea y sexista del "judío diaspórico" afeminado y débil y contrapone a éste un "judío nuevo" violento y militarizado, que es un perpetrador y no una víctima de la violencia racializada.
Natalia Forcat Os verdadeiros semitas são os palestinos, por tanto os únicos antissemitas da atualidade são os israelenses sionistas BRANCOS, descendentes de europeus, que invadiram a Palestina, massacraram seu povo e roubaram suas terras.
Natalia Forcat Quem reconhece que os judeus não podem ser classificados (em sua totalidade) como semitas são os próprios judeus. Veja este artigo num site judaico: http://www.masuah.org/jude​ofobia.htm#Introducci?n 
Introducción - Judeofobia 
www.masuah.org
El sacerdote Edward Flannery, en el prólogo a su obra Veintitrés Siglos de An.
Natalia Forcat Este sacerdote judeu deixa claro que o antissemitismo NUNCA existiu! Veja o que ele afirma:
Hasta 1879, el odio hacia los judíos no tenía siquiera un nombre especial. Ese ano Wilhelm Marr acunó el término "antisemitismo" a fin de distanciar el fenómeno de toda connotación religiosa. El panfleto de Marr, "La victoria del judaísmo sobre el germanismo considerada desde un punto de vista no-religioso" exhortaba a que se hostilizara a los judíos independientemente de sus inclinaciones religiosas. Pero el vocablo que Marr eligió tiene varios defectos.

En principio, "semitas" no hay. Puede hablarse de lenguas semíticas, o de grupos semitas de la remota antigüedad, pero suponer que, por ejemplo, un judío de Holanda, uno de Etiopía pertenecen a la misma "raza semita" junto con un árabe de Marruecos, es a todas luces absurdo.

En segundo lugar, y más importante aún, personas contra los semitas, no sólo que no hay, sino que nunca hubo. Jamás se crearon partidos, publicaciones, o ideas que combatieran a los "semitas". Es más, la voz se presta a juegos de palabras. En marzo de este ano, el canciller egipcio Amer Musa respondió a una acusación preguntando: "?Como vamos a ser antisemitas, si nosotros somos semitas?"

Lo lamentable es que el término acunado por un judeófobo como Marr se difundió por doquier, aun cuando tres anos después, un prestigioso pensador judío, León Pinsker, sugirió la más apropiada palabra, "judeofobia", para caracterizar el encono hacia los judíos.

"Judeofobia" es más precisa porque en el prefijo senala el verdadero destinatario de esta aversión, el judío, y en el sufijo alude a su carácter irracional. Es cierto que en psicología "fobia" también responde a su origen griego, "miedo". Y se habla de ailurofobia (miedo a los gatos), nictofobia (a la noche) o claustrofobia (a los lugares cerrados). Pero en ciencias sociales tiene un significado más cercano al odio (no al temor) como en "xenofobia" (odio a los extranjeros).

La judeofobia no es una forma de la xenofobia, puesto que los judíos no son extranjeros de los países en los que viven. Y si, como dijimos, tampoco son una raza, la judeofobia no es una especie del racismo. Es un fenómeno muy singular, y como tal vamos a estudiarlo.

Natalia Forcat Por tanto criticar o movimento politico SIONISTA não é desde nenhum ponto de vista, racismo. Então pare de ameaçar a companheira Nelba. Grata.
Paulo Oisiovici Não estou ameçando. estou me utilizando da legislação vigente. Lugar de racista, logo direitista, nazista, é na cadeia ou no paredón! Nazistas travestidos de "esquerda". Não sabem nem o que significa a expressão "semitismo", muito menos anti-semitismo. Vão ser punidos para aprenderem não ficarem repetindo discurso nazista no facebook.Quanto mais falam, mais se complicam. Como disse Fernanda Tardin: o plantio é livre, mas a colheita é obrigatória. Vocês devem estar organizadas em grupos neo-nazistas... Façam como seu líder inspirador, Adolf Hitler organizem um novo extermínio de judeus... Sabem quando seremos exterminados? Nunca. Quanto mais nos perseguem, mais fortes nos tornamos. Temos uma coisa que nos torna indestrutíveis: nossa cultura. Os judeus foram os que primeiro ocuparam a Palestina. Foram expulsos várias vezes, como os africanos de seu continente... foram várias, as diásporas... Entre 69-96, durante a dinastia Flaviana, os romanos invadiram a Palestina, provocando a segunda diáspora judaica. E, já que você fugiu das aulas de História, os judeus são originários de Ur, cidade da Mesopotâmia, e não da Europa... A Mesopotâmia, não se localiza no continente europeu... Dá só uma olhada no mapa-múndi (se é que você aprendeu a ler mapas). Como se vê, atitudes de preconceito advém da ignorância... Mas, a intolerância, o étno-centrismo e o racismo tem que ser combatidos e punidos. Quando usou o termo "BRANCOS" praticou racismo, pois clasificou um povo a partir da cor de sua pele. Assim, provou se racista. Praticou o que é tipificado na legislação, como racismo. Salvei esse seu comentário (plantio), a punição (colheita) virá...
Fernanda Tardin Como Viver é aprender e eu só sei que nada sei, o que é sionismo e onde ele está presente no artigo?
Fernanda Tardin Sim tb. concordo ser subliminar citar o estado norte americano de Israel e já aliar automaticamente a sionismo... mas não vi sionismo no artigo.
Natalia Forcat Paulo, você é doente! Tem mania de perseguição! Em vez de procurar um advogado deve procurar um psiquiatra!
Fernanda Tardin assim como falar em boçais, lembramos logo de ditadores brasileiros, falar de isarael se lembra imediatamente de ...... que a Nelba tem com isto pra tanto ataque?
Natalia Forcat Sionismo é um movimento político supremacista como o nazismo. Ele prega a superioridade de um grupo de pessoas mesmo que para isso seja necesário massacrar outros grupos. Tb prega a volta a uma terra "prometida" e usa mitos religiosos para justificar O ROUBO. É um movimento político e não religioso, mas que usa argumentos religiosos. Por tanto, assim como somos livres para criticar o comunismo, o capitalismo, o nazismo e tantos outros movimentos políticos, somos livres para criticar o sionismo.
Natalia Forcat Não existe nenhuma lei no Brasil que puna críticas ao sionismo. Por tanto todas as ameaças do Paulo não tem o menor fundamento.
Natalia Forcat Tb não existem leis que punam críticas a nenhum estado! Podemos criticar o que EUA faz, o que o estado brasileiro faz, o que o estado chinês faz e o que o estado de Israel faz. Fiquem tranquilas que o Paulo faz o que ele foi treinado a fazer, tentar amedrontar as pessoas para que as violações cometidas contra os palestinos não saiam à luz.
Claudia Grabois Paulo Oisiovici, Antissemitismo=Crime. Como judia preciso me posicionar quanto a isso.Natalia Forcat, nao ataque o Paulo dessa forma, por que você nem ao menos o conhece. Diga o que quiser,e se suas declarações forem tipifcadas como crime de racismo ( nao sei se serão) arque com isso. Vejo que a sua ignorância eh maior do que o receio de ser processada.Mas estude um pouco, pelo menos. Eu venho de uma escola de lutas contra toda e qualquer forma de intolerância. Você prega a intolerância e o ódio, o que eh lamentável. Como assim, Fernanda Tardin, que os judeus tem culpa no cartório..quanto a outra pessoa que se manifestou...caramba!
Natalia Forcat Claudia, não sou uma ignorante, ok? Comecemos por ai.
Natalia Forcat Segundo, em momento algum usei a palavra judeus... por tanto não sei de quem me esta acusando.
Natalia Forcat O Paulo está sendo agressivo e acha que todos os que criticam os crimes de Israel são neo-nazistas. Isso é um sintoma de paranoia. Sinto muito.
Paulo Oisiovici Primeiro, exercício ilegal da profissão, é outro crime.Sou maior de idade e sei que profissional devo procurar. Rotular as pessos de loucos para interná-las em hospitais psiquiátricos, era uma atitude típica dos nazistas e de Stálin. Em momento algum em meus comentários ataquei os palestinos. Considero que o mundo é para todos. Logo, para os judeus também. Não assumir seus atos é desvio de caráter. Não tergiverse, Natalia Forcat. Você chamou aos judeus de "BRANCOS". E essa qualificação de um povo, de uma etnia a partir da cor da pele, é racismo! Eu repito: não sou sionista. Faço parte de uma comunidade judia anti-sionista. Tenho ódio de classe ao imperialismo ianque. Não entendo como um grupo que combate a ditadura e luta pelo esclarecimento de toda a verdade sobre o regime militar no Brasil e pelo julgamento e punição dos torturadores, permite tamanha intolerância e tamanho racismo praticado em comentários de tão baixíssimo nível! Cabe também, agora, uma açãoe danos morais. Convido a canheira e irmã, Cláudia Grabois a entrarmos na justiça com uma ação por crime de racismo.
Natalia Forcat Ele não tem porque atacar a nossa companheira dessa forma.
Natalia Forcat Paulo, se você parasse um minuto para usar seu lindo cérebro veria que quem chama os judeus de brancos (os judeus europeus) é um JUDEU. Eu retirei aquele trecho de um artigo escrito pela rede JUDIA antissionista internacional.
Natalia Forcat Releia de novo calmamente.
Nelba Nycz Sionismo, capitalismo, fascismo são sistema políticos e todos contra a humanidade!Carlos Molina Anti-semitismo é uma coisa e anti-sionismo é outra. Eu não sou anti-semita e sou abertamente anti-sionista, sendo que para mim o sionismo em suas práticas segregacionistas e genocídas contra o povo palestino se equipara ao nazismo.
Natalia Forcat E tem mais, psiquiatras não internam as pessoas, eles tratam, quando necesário.Nelba Nycz Usar "técnica" de mudar o discurso alheio não é exatamente democrático.
Nelba Nycz Pelas próprias palavra se raça não existe, porque falar em "crime de racismo"? técnica para confundir?
Carlos Molina Uma maiores mentiras disseminadas no século passado, que pela gravidade do que gerou contra o povo palestino não difere em nada do discurso da "raça pura", foi a de "uma terra sem povo para um povo sem terra". O estado de Israel foi artificialmente criado para ser um encrave militar do ocidente no oriente. Não acredito que seja possível, como seria desumano, tirar milhões de pessaos que hoje lá vivem, mas que para haver a paz Israel terá de retornar aos limites anteriores a 67 eu não tenho a menor dúvida. Outra questão, judaísmo, em suas ramificações, pois o mais correto é o termo judaísmos, é uma religião e não uma etnia.
Paulo Oisiovici Referi-me ao rótulo de doente e paranóico. Além de cometer crime de difamação, cometeu crime de racismo, sim! Foi voce que utilizou a expressao BRANCOS. Nao assumir seus atos é desvio caráter. Entrarei na justiça sim. Como voces terao amplo direito de defesa,gumene na ocasiao apropriados. Enquanto isso, falem, falem e falem... Pois, assim, além de destilarem todo o ódio de voces contra os judeus, me dão um farto material comprobatório... O juíz decidirá se é técnica para confundir, ou não. A atribuição de julgar é dele e de mais ninguém. Pois, outros não tem o crefenciamento devido para isso. Quero deixar claro que um grupo que se pretende defensor dos direitos humanos e que objetiva o esclarecimento histórico acerca do período da ditadura militar não devia permitir e fomentar tamanha intolerância e prática de racismo em seu meio. Vou divulgar amplamente o conteúdo desses comentários no grupo e movimentarei o maior número de pessoas para uma denúncia ao facebook, sem prejuízo das ações judiciais. ABAIXO A INTOLERÂNCIA ÉTNICA! ABAIXO O NEO-NAZISMO! ABAIXO A DIREITA TRAVESTIDA DE ESQUERDA! ABAIXO O NAZISMO PÓS-MODERNO!
Claudia Grabois Por que de fato eh crime tipificado no código penal. Na discriminação racial estao incluídos negros, judeus, muçulmanos, etc. Você pode concordar ou nao, se a lei nao mudar continuara sendo crime inafiancavel. E Viva mais um dia sem Jobim!!!!
Natalia Forcat Paulo, você está exaltado demais, me desculpe! Sen não é desequilibrado está parecendo.
Carlos Molina Entre estes citados (negros, judeus, muçulmanos, etc.) só os negros são uma etnia, pois o judaísmo e o islamismo são religiões.
Natalia Forcat Quem usou a palavra BRANCOS para definir os judeus europeus que invadiram a Palestina e promoveram a limpeza étnica (atitude tipicamente nazista) foi o articulista da REDE JUDAICA ANTISSIONISTA. Se acha que o uso da palavra brancos foi criminoso escreva para o judeu que escreveu o artigo, ou denuncie ele. Acho que ele mora em EUA. Ok?
Natalia Forcat Além do que essa técnica de confundir e misturar antissemitismo, racimo, etc... para impedir que se critiquem os crimes do estado de Israel não cola mais.
Carlos Molina Vou além, pois o termo semita tem como principal designação o tronco linguístico utilizado por vários povos, entre os quais os árabes e hebreus, que compartilham historicamente as mesmas origens territoriais e culturais.
Claudia Grabois Eu eu também espero que a ignorância da negação do holocausto mais que comprovado, que assassinou mais de 20.000.000 de pessoas, entre judeus, ciganos, homossexuais, comunistas, etc., Sim, espero que o revisionismo neonazista vire crime também!! Nao trabalho para isso, mas gostaria de receber essa noticia. Importante sempre diferenciar o antissemitismo de qualquer outra coisa, por que eh crime tipificado. A Lei CAO promoveu esse avanço, e alias, a parceria das comunidades judaicas com os movimentos LGBTT, negros, de mulheres e outros, assim como o dialogo interreligioso, com a presença de representantes da comunidade muçulmana, acontece naturalmente e com muita firmeza. O Brasil enfrenta uma grande onda de retrocessos e nesse momento querer focar no revisionismo eh tirar os movimentos sociais do seu foco principal. Parece encomenda, por que a nossa união eh fundamental para que a comissão da verdade nao seja uma farsa, para que o PL 122 seja aprovado( mesmo que com outro nome, mantendo o seu texto original), para que as pessoas com deficiencia nao percam direitos adquiridos, para levantarmos a nossa voz contra remoções, etc, etc, etc.
Nelba Nycz A técnica de confundir é a mesma utilizada pelos Pincipios Editoriais (ditatoriais) da Organização mafiosa Globo.
 Natalia Forcat Eles são treinados para confundir e misturar tudo, Nelba. Tudo para fugir do principal que é esconder os crimes que cometem contra os palestinos. Vergonhoso!
Carlos Molina PAZ AGORA!
Natalia Forcat E os direitos dos palestinos?
Nelba Nycz Há muito a ser revelado sobre tudo isto.
Natalia Forcat Os palestinos não são seres humanos, também? Eles merecem ser tratado desta forma pelo estado de Israel?
http://www.youtube.com/wat​ch?v=36RvdM6Sgn0
ISRAEL TORTURANDO PALESTINOS- ISRAEL TORTURING PALESTINIAN CIVILIANS 
www.youtube.com
Los criminales sionistas torturando civiles palestinos.hasta cuando?-zionist cri.
Natalia Forcat Na verdade todas essas ameaças e vitimização são usadas para que estes crimes não venham à tona.
Paulo Oisiovici O comentário de os judeus como BRANCOS aqui, foi seu e não do autor do artigo. assumir satos é desvio de caráter. Quanto a você Molina, não pensei ser tão ignorante no assunto... Não se façade desentendido... Você sabe que ser judeu, não é uma questão de religião. Você sabe que Mauríco Grabois era judeu, comunista e ateu. devia estudar mais... Sou especialista nessa área e bem diferença entre etnia e religião. Como explica que tantos judeus são ateus, como Marx, Trótsky, Rosa Luxemburgo, Bertold Brecht, Hannah Arendt, Theodor Adorno, Walter Benjamin, dentre tantos outros. Ou você desconhece isso? Leia "O POVO BRASILEIRO", de Darcy Ribeiro em "IDENTIDADE NACIONAL EM DEBATE", o artigo de José Arbex Jr. Intitulado "Ó PÁRIA AMADA, IDOLATRADA!". A organizadora da obra é Márcia Kupstas. No artigo de José Arbex, há um capítulo esclarecedor, intitulado "A QUESTÃO JUDAICA". A nossa companheira aqui do grupo, Neusah Ceveira, é comunista, marxista-leninista, de origem judaica. E, com certeza, não é sionista...
 Claudia Grabois Sao historicamente discriminados...entende.Ma​ s vocês podem questinar e tentar mudar a nossa legislação. Mas quem nega os pogroms alem de negar o holocausto, certamente nao concorda com essa lei, que tbm protege ciganos.. Sim, Nelba Nycz, estou usando a técnic..., aprendi no jardim de infancia! rs
Natalia Forcat Os palestinos são seres humanos e tem direitos humanos iguais a todos nós. Eles não tem culpa pelo nazismo.
Carlos Molina Para se ter PAZ AGORA é com o reconhecimento de um Estado Palestino soberano, cujo território está baseado no restabelecimento das fronteiras de 1967. Enquanto continuar a invasão com a construção de novos assentamentos militarizados em território palestino fica difícil falar da paz.
Natalia Forcat Claudia Grabois, pare de fugir do assunto. Aqui ninguém questionou o holocausto, nem questionou a identidade judaica. Estamos criticando os CRIMES DE ISRAEL, crimes que você quer fingir que não existem.
Carlos Molina Marx não se considerava um judeu, ele era ateu!
Natalia Forcat Paulo, já que gosta de acusar todo mundo de ignorante, mostre que você não é um e releia os post, verá que quando usei a palavra brancos, estava fazendo referencia a um texto escrito por JUDEUS ANTISSIONISTAS, que merecem todo meu respeito e carinho.
Claudia Grabois Sim, Natalia Forcat, fomos treinados e alem disso temos rabo e somos todos iguais. Alias o treinamento começou na barriga da mãe. Inclusive as ditaduras latino americanas pouparam todos os judeus, como você bem sabe, por que eles eram treinados para confundir...! rsrs
Natalia Forcat Carlos Molina, o Marx chegou escrever um texto considerado antissemita onde ele propunha o fim da identidade judaica, por considerar que não se integraria numa comunidade verdadeiramente igualitária. Aclaro que não sou marxista, nem defendo o fim da identidade judaica.
Natalia Forcat Claudia Grabois, já que falou em ditaduras, seria bom lembrarmos das ligações do sionismo com as ditaduras latinoamericanas... que acha? Há bastante material sobre isso.
Carlos Molina Paulo eu o respeito profundamente e no mínimo exijo da sua parte o mesmo. Caso discorde do que afirmei debata, mas não tente me descredenciar de forma ad hominem.
Natalia Forcat Estado de Israel armou ditaduras da América do Sul
Os governos de Israel armaram ditaduras latino-americanas durante as décadas de 70 e 80, em muitos casos a pedido dos Estados Unidos, que necessitavam de aliado confiável para sustentar os regimes militares autoritários na região.
Um dos principais focos do governo norte-americano e dos sionistas foi a Operação Condor, que, coordenada pelo serviço de inteligência dos EUA, sob a orientação do então secretario de estado americano Henry Kissinger, assassinou milhares de ativistas dos Direitos Humanos na Argentina, Brasil, Uruguai, Chile e Bolívia, desaparecendo com os corpos.
As ações de suporte armamentista a ditaduras e Estados de tortura e terror por parte dos governos americanos e israelense expandiram-se, além da Operação Condor, para Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Peru, Venezuela e África do Sul.
A Agência Ansa divulgou, estudo incontestável do historiador e professor Israel Shahak, nascido em 1933 e morto em 2001, ex-interno de campos de concentração durante a II Guerra Mundial, e o fundador da Liga Israelense dos Direitos Humanos e autor do livro "Jewish History, Jewish Religion" (História Judaica, Religião Judaica). Ex-professor da Universidade de Jerusalém, Shahak, elaborou o trabalho intitulado "O Estado de Israel armou as ditaduras na América Latina".
O trabalho do professor Shahak, publicado pela primeira vez em espanhol e censurado em Israel, inclui depoimentos e denúncias do escritor norte-americano Noam Chomsky.
Chomsky foi um dos primeiros a denunciar as alianças de Israel com as ditaduras latino-americanas, África do Sul e outros estados de tortura e terror, em geral, serviram aos interesses norte-americanos.
"À luz da dependência sem precedentes de Israel dos Estados Unidos e dos estreitos vínculos entre as indústrias armamentistas israelenses e norte-americanas, é difícil acreditar que o fluxo de armas não se tivesse podido parar se o governo norte-americano houvesse decidido isso", afirma o escritor norte-americano.
Do mesmo modo, "não se pode acreditar que o governo ou os principais meios norte-americanos foram incapazes de detectar a provisão de armas de Israel às ditaduras latino-americanas" completa Chomsky.
O ensaio fala de documentação sobre as armas israelenses utilizadas pelos militares na Guatemala, El Salvador e Nicarágua para reprimir os movimentos guerrilheiros e as manifestações estudantis opositoras da década de 70.
O estudo explora os detalhes do giro oficial realizado pelos generais israelenses Hayim Laskov e Motta Gur em 1978 por Argentina e Chile, onde foram recebidos com honras por ambas as ditaduras militares.
A publicação em espanhol para a América Latina e Espanha da pesquisa de Shahak foi traduzida pelo filosofo e historiador Saad Chedid, e publicada pela editora Canaan, de Buenos Aires, que em declarações à ANSA ressaltou que a maioria dos países latino-americanos recebeu ajuda militar de Israel.
Postado por Mensagem ao editor: ac.cunha@globo.com

Claudia Grabois Sobre Marx, sendo ou nao judeu, teria sido assassinado pela besta Nazista Carlos Molina. Alias padres e pessoas que desconheciam os seus vínculos foram mandadas igualmente para as câmaras de gás.
 Paulo Oisiovici Sou ignorante em vários assuntos.E me diferenci de vocês, de por reconhecer minha ignorância, seguir estudando e não me pronunciar sobre o que não conheço. Isso eu deixo para os sofistas contemporâneos. Mas, nesse assunto, não sou tão ignorante. Minha especialização foi em História da África e Indígena, Cultura Afro-Brasileira e Indígena e em Racismo na Educação. tenho um artigo científico publicado sobre racismo na educação e a Lei 11.645/08. Quero que vocês continem a destilar todo o seu ódio contra os judeus e a praticar o racismo... Meu advogado, que está acompanhando todos os comentários aqui do meu lado, embora acha que o material comprobatório já é suficiente acha que vocês podem cotinuar reforçando e confirmando a prática de racismo... Prá mim, está tudo ótimo... Continuem, por favor...
Natalia Forcat Ha ha ha ha! Paulo, por favor! Pare com isso! Está sendo infantil!
Carlos Molina Os judeus europeus de origem hebréia, o povo da diáspora, são somente os sefarditas, que a aproximadamente 2000 anos colonizaram a Península Ibérica.
Natalia Forcat Carlos Molina, vamos aguardar para se manifestem sobre as ligações entre o sionismo e as ditaduras latinoamericanas...
Claudia Grabois Nao vou a
Carlos Molina Eu como agnóstico, e ateu por não professar nenhum credo institucionalizado, não meto em guerras santas e muito menos as respeito!
Claudia Grabois Sim, então agora você define quem eh ou nao judeu, veja só! Mas eu preciso me retirar 1o falta de bateria no celular 2
Paulo Oisiovici Molina, na biogrfia de Marx, escrita por Lênin, AS TRÊS FONTES E AS TRÊS PARTES CONSTITTIVAS DO MARXISMO, ele diz que Marx provinha de família judia, culta e rica. Eu sou ateu e sou judeu. Grabois era ateu e judeu. Você sabe disso e nega... É o cúmulo da imparcialidade... Assim como sabe dos outros que citei... Sou comunista, ateu e me considero judeu... Não preciso te descredenciar de forma ad hominem. Você já o faz com enorme competência. Quero continuem falando, falando... escrevendo, escrevendo... Tô só selecionando e salvando no WORD... Tá massa... Vamos... Continuem... Só a guisa de indicação, vai lá no AURÉLIO e veja o significado de religião, etnia, raça, etnocentrismo, nazismo, fascismo... Não custa nada... Vai lá... Depois, compara com o que você falou sem nenhuma preocupação com o rigor científico e com a veracidade.
Claudia Grabois ‎2o faço uma palestra as 18:00 sobre direitos humanos,diversidade e intolerância no Brasil, e preciso sair.A conversa foi esclarecedora. Ate mais. .
Carlos Molina Disse sobre quem tem origem hebréia ou não, mas como o judaísmo é religião todos os que o professam e seguem logicamente são judeus!
Carlos Molina Disse família judia por está professar o judaísmo. Qual que é a origem do nome Molina?
Natalia Forcat Claudia Grabois, leve aquele video onde mostra como soldados israelenses torturam o povo palestino já que diz se preocupar com os direitos humanos e tente explicar as ligações do sionismo com a ditadura, se puder.
Natalia ForcatCarlos Molina, veja aqui, indios peruanos convertidos ao judaismo são instalados em colonias nos territórios ocupados palestinos: http://www.elmundo.es/cron​ica/2002/356/1029142832.ht​mlIsrael importa 80 indios conversos 
www.elmundo.es
Israel importa 80 indios conversos ERAN INDÍGENAS pobres en Perú, pero una deleg...
Natalia Forcat Estes indios são contemplados pela absurda "lei do retorno" que da direito a qualquer judeu a ocupar as terras palestinas, enquantos os habitantes originais são expulsos.
Claudia Grabois eu só entrei para dizer que antissemitismo eh crime. Sou a
Carlos Molina Paulo, para mim você é um bom brasileiro internacionalista! HA! HA! HA!
Nelba Nycz todos sabemos que antissemitismo é crime, somos aqui antissionistas. creio que isto faz muita diferença, incompreensivel é a técnica de confundir, utilizada!
Nelba Nycz Gostaria de ver todos os judeus se posicionando contra os crimes de israel contra a palestina...mas para isso que ficará para outra vida
Natalia Forcat E tem mais... os palestinos sao SEMITAS! Por tanto quem são os antissemitas aqui? Os que fingem que os palestinos não existem? Os que fingem não ver os crimes cometidos pelo estado de Israel?
Paulo Oisiovici Só em você me considerar"brasileiro", mostra o quanto você é internacionalista de fato, Molina. Mas, continuem... Tá ótimo... Vocês estão se desnudando...
Natalia Forcat Muito bem, Nelba Nycz. Eu também gostaria ver a Claudia Grabois, que diz defender os direitos humanos, defendendo os direitos humanos dos palestinos. Principalmente das crianças menores de idade presas nas prisõe israelenses!
Natalia Forcat Paulo, pare de fazer ameaças.
Claudia Grabois O estado palestino deve ser realidade! Mas isso nao faz com que antissemitismo deixe de ser crime, lamento . Marx tbm teria ido para a câmara de gás. Realmente preciso me preparar, nao gosto que me esperem. Nao se preocupem, sempre falo sobre Israel, sobre o Ira. Síria. etc nunca me esquivo.
Natalia Forcat Claudia Grabois, por favor, não se esqueve, condene os crimes de Israel.
Natalia Forcat Principalmente a prisão de crianças.
Carlos Molina Teoricamente qual é a discrepância em ser brasileiro e ao mesmo tempo internacionalista?
Natalia Forcat http://www.pcb.org.br/port​al/index.php?option=com_co​ntent&view=article&id=2832​%3Aa-guerra-de-israel-cont​ra-as-criancas-1200-presas​-num-so-ano&catid=43%3Aimp​erialismoA Guerra de Israel contra as crianças: 1200 presas num só ano 
www.pcb.org.br
PCB - Partido Comunista Brasileiro
Carlos Molina Ou eu disse "BRASIL ACIMA DE TUDO"?
Natalia Forcat Carlos Molina, eles gostam de tergiversar tudo, não adianta.
Natalia Forcat Jonathan Cook*O Comité das Nações Unidas Contra a Tortura exprimiu “profunda preocupação” face à forma como Israel trata os menores Palestinos, denunciando que Israel viola a Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança, da qual é subscritor.
A polícia israelita tem sido criticada pelo tratamento infligido a centenas de crianças palestinas, algumas das quais com apenas sete anos, presas e sujeitas a interrogatório por suspeita de arremesso de pedras em Jerusalém Leste.

Segundo estatísticas policiais recolhidas pela ACRI (Associação Israelita dos Direitos Humanos) no ano passado foi aberta investigação criminal, em Jerusalém, a mais de 1200 menores palestinos acusados de arremesso de pedras. Este número é perto do dobro do número de crianças presas no mesmo ano no território Palestino mais alargado da Faixa Ocidental.

A maior parte das detenções ocorreu no distrito de Silwan, próximo da Cidade Velha de Jerusalém, onde 350 colonos judeus extremistas instalaram vários enclaves ilegais, fortemente guardados, no meio de 50.000 residentes Palestinos.

No final do mês passado, e numa atitude que reflecte a crescente indignação face às prisões em Silwan, foi noticiado que uma multidão impediu a polícia de prender Adam Rishek, uma criança de sete anos acusada de arremessar pedras. Mais tarde os seus pais apresentaram um protesto acusando os policies de o ter agredido.

A tensão entre residentes e colonos tem vindo a subir constantemente desde que o município de Jerusalém revelou, em Fevereiro, um plano de demolição de dezenas de habitações Palestinas no bairro Bustan com vista à expansão de um parque arqueológico de temática bíblica gerido pela Elad, uma organização de colonos.

De momento o plano está suspenso, em resultado de pressão dos EUA sobre o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu.

Fakhri Abu Diab, um dirigente da comunidade local, alertou para que os constantes recontros entre os jovens de Silwan e os colonos, que alguns designam como “intifada das pedras”, poderia desencadear um levantamento geral Palestino.

“As nossas crianças estão a ser sacrificadas em nome do objectivo dos colonos de se apossar da nossa comunidade”, disse.

Num relatório recente intitulado “Espaço Inseguro”, a ACRI concluiu que na repressão sobre o arremesso de pedras a polícia faz tábua rasa dos direitos legítimos das crianças e deixa muitos menores profundamente traumatizados.

Testemunhos recolhidos por grupos defensores dos direitos revelam um padrão comum de crianças sendo presas em operações que decorrem alta noite, serem algemadas e interrogadas durante horas sem a presença quer dos pais quer de advogado. Em muitos casos as crianças têm relatado ter sido alvo de ameaças e de violência física.

No mês passado, 60 peritos israelitas - juristas e especialistas em cuidados infantis - incluindo Yehudit Karp, antigo procurador-geral adjunto, escreveram a Netanyahu condenando o comportamento da polícia.

“Causam particular preocupação”, escreveram, “ os testemunhos de crianças com idades inferiores a 12 anos, a idade mínima legal para responsabilização criminal, que foram sujeitas a inquérito e que não forma poupadas a formas violentas e agressivas de interrogatório”.

Ao contrário do que sucede na Faixa Ocidental, sujeita a um regime jurídico militar, supor-se-ia que as crianças suspeitas de arremesso de pedras em Jerusalém Leste fossem tratadas de acordo com a lei criminal israelita.

Israel anexou Jerusalém Leste no seguimento da guerra dos Seis Dias, em 1967 (violando a lei internacional). Os seus 250.000 habitantes Palestinos são tratados como residentes israelitas permanentes.

Os menores, por definição qualquer pessoa com idade inferior a 18 anos, deveriam ser interrogados por pessoal especialmente formado e apenas no decurso do dia. As crianças devem ter a possibilidade de consultar um advogado e um familiar deve estar presente.

Ronit Sela, uma porta-voz da ACRI (Associação Israelita dos Direitos Humanos), afirmou que a sua organização ficara “chocada” perante o número de crianças presas em Jerusalém Leste no decurso dos últimos meses, frequentemente por polícias à paisana.

“Ouvimos muitos testemunhos de crianças que descrevem terríveis experiências de violência, tanto no momento da prisão como no interrogatório posterior”.

Muslim, de 10 anos, vive no bairro Bustan numa casa cuja demolição foi ordenada pelas autoridades israelitas. O seu caso, incluído no relatório da ACRI, refere que este ano foi preso quarto vezes, embora tivesse idade inferior ao limite mínimo para responsabilização criminal. Da última vez, em Outubro, foi apanhado na rua por polícias à civil que saltaram de uma carrinha.

“Um dos homens agarrou-me por trás e começou a estrangular-me. O segundo agarrou a minha camisa e rasgou-a pelas costas, e o terceiro torceu-me as mãos atrás das costas e amarrou-as com tiras de plástico. “Quem atirou pedras?” perguntou um deles. “Não sei”, respondi. Começou a bater-me na cabeça e eu gritei com dores”.

Muslim foi levado preso e libertado seis horas mais tarde. Um médico local relatou que o rapaz tinha os joelhos feridos e ensanguentados e inchaços em várias partes do corpo.

O pai de Muslim, que tem dois filhos na prisão, disse que desde então o filho acorda frequentemente em pânico e perdeu a capacidade de concentração nos estudos escolares. “Estes acontecimentos arrasaram-no”.

Ronit Sela disse que o número de prisões em Silwan aumentou significativamente desde Setembro, quando um segurança privado de um colonato matou um Palestino, Samer Sirhan, e feriu dois outros.

Confrontos entre os colonos e jovens de Silwan ganharam maior visibilidade em Outubro, quando David Beeri, director da organização de colonos Elad, foi filmado quando procurava atropelar dois rapazes que apedrejavam o seu carro.

Um deles, Amran Mansour, de 12 anos, que foi lançado por cima da viatura pelo impacto, foi preso pouco tempo depois em casa da família numa operação nocturna.

Ainda em Outubro, nove deputados israelitas da direita queixaram-se de que o mini-bus em que se deslocavam foi apedrejado. Iam prestar solidariedade a Beit Yonatan, uma grande habitação na zona controlada pelos colonos em Silwan. Os tribunais israelitas ordenaram que essa habitação fosse demolida mas o presidente do município de Jerusalém, Nir Barkat, recusou cumprir a ordem.

Na véspera do ataque Yitzhak Aharonovitch, ministro da segurança pública, avisou: “Vamos fazer com que o arremesso de pedras cesse usando a força, pública ou não pública, e vamos restabelecer a tranquilidade”.

No mês passado a polícia anunciou que passará a ser utilizada com maior frequência a detenção domiciliária de crianças e que aos pais passarão a ser impostas multas que poderão atingir os 1.400 dólares.

Um grupo israelita de defesa dos direitos humanos, B’Tselem, relatou o caso de “A.S”, de 12 anos, preso às 3 da madrugada e levado a interrogatório.

“Puseram-me de joelhos voltado para a parede. De cada vez que me movia um homem à civil batia-me no pescoço com a mão…O homem mandou-me prostrar no chão e pedir perdão mas eu recusei-me e disse-lhe que apenas me ajoelho perante Alá. Entretanto sentia dores intensas nos pés e nas pernas. Senti um violento temor e comecei a tremer”.

B’Tselem declara: “É difícil conceber que as forças de segurança actuassem de forma semelhante contra menores judeus”.

Micky Rosenfeld, um porta-voz da polícia, negou que a polícia tivesse violado os direitos das crianças. E acrescentou: “Cabe aos pais a responsabilidade de fazer parar o comportamento criminoso dos seus filhos”.

Jawad Siyam, activista da comunidade local de Silwan, afirmou que o objectivo das prisões e o recrudescimento da actividade dos colonos é “tornar-nos a vida insuportável e expulsar-nos da zona”.

Os 60 peritos que escreveram a Netanyahu advertiram que a agressão sobre as crianças conduz a “distúrbios pós-traumáticos como pesadelos, insónia, descontrolo urinário e temor permanente de polícias e soldados”. Sublinharam também que as crianças sujeitas a prolongada detenção domiciliária estavam a ser privadas do seu direito à educação.

No ano passado o Comité das Nações Unidas Contra a Tortura exprimiu “profunda preocupação” face à forma como Israel trata os menores Palestinos, denunciando que Israel viola a Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança, da qual é subscritor.

No decurso dos últimos 12 meses, a Defesa Internacional das Crianças tem fornecido à ONU dados acerca de mais de 100 crianças que afirmam ter sido violentadas física e psicologicamente sob custódia militar.

* Counterpunch, 13.12.2010
Fonte: http://www.odiario.info/?p​=2130
ODiario.info » A Guerra de Israel contra as crianças: 1200 presas num só ano 
www.odiario.infoODiario.info
Nelba Nycz só é crime ser anti-semita? e as outras "raças" que "não existem" segundo o pensamento de latrina do Magnoli, não rola? ou somente judeu é "raça" - alguem explica este imbroglio?
Carlos Molina Paulo, quer maior contradição com o internacionalismo do que este discurso: "Os judeus também tem direito a uma pátria... E a "civilização" ocidental tem uma enorme e inuestionável dívida histórica para com eles"...
Natalia Forcat Nelba Nycz, não vale a pena desviar o foco. Eles tem direito a sua identidade judaica e defini-la como eles vem entender, isso não está em discussão. Eu quero saber sobre as crianças palestinas presas e maltratadas pelos sionistas.
Paulo Oisiovici Fui eu quem chamei os judeus de BRANCOS e depois neguei, como o cachorro que vomita e depois engole o próprio vômito novamente...
Natalia Forcat Vejam este menino palestino vendo seu pai sendo preso pelos soldados nazi-sionistas por ter pegado agua para sua familia (sim! Os sionistas roubam até a água dos palestinos!)
http://www.youtube.com/wat​ch?v=3wzSJZ7a-TM&feature=r​elated
Niño Palestino ruega a soldados israelies que no se lleven a su padre por haber robado agua 
www.youtube.com
Publico un video en el que vemos el momento angustiante de un niño palestino de ..
Paulo Oisiovici Em momento nenhum, nem eu e a Cláudia Grabois atacamos os palestinos... A imageinação de vocês é muito fértil... Tá bom demais... Continuem.... Depois eu divulgo... Vamos! Mais, mais... Vamos!! Mais...
Natalia Forcat Este é o crime que eles querem esconder por tras da vitimização. Eles usam o antissemitismo para se esquivar dos crimes cometidos por um estado criminoso e militarizado que trata os habitantes originais como animais.
Paulo Oisiovici É hilário... Rsrsrsrs... Kkkkkk...
Natalia Forcat Hilário? Acha hilário que desrepeitem os direitos humanos dos palestinos?
Natalia Forcat Mas os seus pretextos não colam mais, cada dia mais e mais pessoas tem acesso à informação. Não adianta tentar calar as pessoas, ameaçar e amedrontar... estes crimes serão divulgados, gostem ou não.
Natalia Forcat Me causa verdadeiro asco ver a omissão do Paulo Oisiovici diante dos crimes de Israel. Ele simplesmente os ignora, finge que estes crimes não acontecem, finge que não há crianças presas, que pessoas não são torturadas -da mesma forma que foram torturadas pelas ditaduras argentina e brasileira- pelo estado de Israel.

É uma contradição que uma pessoa que diz ser contra a ditadura e contra a tortura e a favor dos direitos humanos seja omissa num caso gritante de crimes de lessa humanidade como os cometidos por Israel.
Nelba Nycz Há várias formas de se atacar um povo , inclusive o silêncio!
Natalia Forcat Pois é... enquanto a ditadura brasileira torturava companheiros nos porões, muitos foram cúmplices com seu silêncio. O mesmo fazem os que não denunciam os crimes contra os palestinos.Nelba Nycz qual é a acusação?
Nelba Nycz Paladinos da defesa dos direitos humanos - mas a Claudia tbem é, e ai como é que fica, vai processa'-la tbem?
Nelba Nycz agora é crime, fazer a defesa dos indefesos? dos direitos humanos?
Paulo Oisiovici Hilário é o papel de papgaio da mídia televisiva e e acusação que fazem a mim e a Cláudia Grabois, que em momento algum demonstramos apoio a esse tipo de coisas... Mas, tá muito bom! Continuem, por favor... Tô adorando... Vamos! Voltem a nos atacar como vinham fazendo antes... Não tergiversem... Continuem como antes... Vocês são os paladinos da defesa dos direitos humanos, assim como todos os neo-nazistas... A propósito, quem é o füher do grupo de vocês?
Nelba Nycz Sendo a midia sionista,bancada pelos sionistas em todo o mundo, a quem Paulo dá ouvidos?
Natalia Forcat Paulo Oisiovici, o único que está tergiversando aqui é você. Nós estamos denunciando crimes contra os direitos humanos dos palestinos que você finge não enxergar.
Natalia Forcat Defender os direitos humanos de árabes é coisa de nazistas? Os nazistas eram brancos europeus. Eu não sou branca, nem europeia. Por tanto pare de misturar as coisas.
Carlos Molina Estes são radicalmente contra a exisitência de Israel, o que não é o meu caso por defender dois estados e os limites de 67: (http://ofakimpoa.wordpress​.com/2006/12/)
2006 dezembro « Ofakim Tamar Poa apoio Hagshamá 
ofakimpoa.wordpress.com
Paulo Oisiovici Gostei desse seu último comentário Nelba Nybcz... Muito proveitoso pra mim... Cheia de ego... A gente pede e você faz... Que legal! Que pena que você fala do que não conhece... A propósito,onde vocêstava naquela época? Fez o que, sobre as torturas? As combateu fazendo o que?Nelba Nycz se refere a que paulo?
Nelba Nycz vc é tao infantil Paulo Oisiovici
Natalia Forcat Muito. Rsss!
Nelba Nycz eu acho que o Paulo temproblema de leitura, escreve-se uma coisa e ele imediatamente lê outra, impressionante?
Paulo Oisiovici Nazismo também é crime contra a humanidade, doutora! E sua omissão quanto a atuação dos neo-nazistas no Brasil e no resto do mundo? Não vi até agora você falar nada! Silêncio puro!!!! Ah, mas como você iria protestar contra as atividades de um grupo com o qual tem afinidade? Não é mesmo? Acho se candidatará para substituir o Bolsonaro no parlamento...
Natalia Forcat RECOMENDO ESTE ARTIGO:
Denunciar o sionismo não é ser antijudeu:
"El sionismo es racista. Demanda poder político, económico y legal para las personas y culturas judías y europeas por encima de los pueblos y las culturas autóctonas. El sionismo no solo es racista sino antisemita. Respalda la imaginería antisemita europea y sexista del "judío diaspórico" afeminado y débil y contrapone a éste un "judío nuevo" violento y militarizado, que es un perpetrador y no una víctima de la violencia racializada."
--------------------------​--------------------
Quem escreveu este artigo? Foi algum nazista que conseguiu escapar do Mossad? Um primo do Bolsonaro?
Não, amigos, este texto está assinado pela IJAN, Rede Internacional de Judeus Antissionistas.
http://www.ijsn.net/atrans​lation/230/
International Jewish Anti-Zionist Network 
www.ijsn.netThe Jewish Corner of The New Majority
Natalia Forcat Artigo completo aqui: http://www.palestinalibre.​org/articulo.php?a=33704Denunciar el sionismo no es ser antijudío 
www.palestinalibre.orgSomos una red internacional de judíos incondicionalmente comprometidos con lasNelba Nycz meu querido, nao estamos falando do nazismo mas do sionismo, estou falando do que acontece hoje na Palestina, falo de uma história que se repete de forma terrivel e operada pelos sionistas e seus adeptos. Parece que o sofrimento vivido por parte do povo judeu de nada valeu.
Nelba Nycz olha aí a técnica sionista - como é feita! #nojo
Paulo Oisiovici Adorei quando você citou o meu nome... Ótimo... Referi-me ao comentário que fez: "Me causa verdadeiro asco ver a omissão do Paulo Oisiovici diante dos crimes de Israel. Ele simplesmente os ignora, finge que estes crimes não acontecem, finge que não há crianças presas, que pessoas não são torturadas -da mesma forma que foram torturadas pelas ditaduras argentina e brasileira- pelo estado de Israel.
É uma contradição que uma pessoa que diz ser contra a ditadura e contra a tortura e a favor dos direitos humanos seja omissa num caso gritante de crimes de lessa humanidade como os cometidos por Israel"... Quando acabar, sou eu que tenho problema de letura... Kkkkkkkkkkkkk!!!!!!

Natalia Forcat Crime é crime. Exército assassinando familias desarmadas é crime!
http://www.youtube.com/wat​ch?v=OX8euBB_mWo&feature=r​elated 
O Video que Israel não quer que você veja (legendado) 
www.youtube.com
Soldados israelenses invadem casa de família palestina atirando a esmo em homens.
Paulo Oisiovici Ou vai negar que fez esse comentário, assim como negou ter classificado os judeus com a denominação "BRANCOS"?
Nelba Nycz leia de novo, mocinho, pq tá confundindo nomes e quem falou o que?
Natalia Forcat Eu digo que tua omisão me causa asco aqui e na frente de um pelotão de fusilamento.Natalia Forcat Me causa é MUITO ASCO MESMO. Gente que se torna cúmplice por omissão me da asco mesmo.
Nelba Nycz de acordo, Natalia Forcat ver que não há como abrir a consicência, de quem não tem discernimento - ditadura no brasil mas contra a Palestina deve ser JUSTIÇA!!
Natalia Forcat Eu chamei de brancos os judeus europeus, sim. Foi citando o texto dos judeus antissionistas que são honestos e decentes. Quer me processar por isso? Me processa! Mas isso não vai mudar minha opinião nem a de milhões de pessoas que estão com tanto nojo como eu de ver como o exercito de Israel assassina palestinos, rouba suas casas, rouba sua água, maltrata suas crianças e violenta suas mulheres. Isso você não vai conseguir calar com tuas ameaças.
Natalia Forcat Se defender os direitos humanos dos palestinos é algum tipo de crime, então EU SOU CRIMINOSA.
Natalia Forcat Eu já divulguei várias vezes crimes contra minorias no Brasil. Contra nordestinos, etc. Aliás, minha filha é nordestina.
Natalia Forcat Mas não vamos cair na tua estratagema de mudar de assunto, porque este post é sobre os CRIMES DE ISRAEL.
Natalia Forcat Eu já fiz inúmeros posts sobre os crimes de EUA, da OTAN, da ditadura, etc... o Joelson, que é o criador deste grupo e é meu amigo, sabe disso.
Paulo Oisiovici Mas não tem ASCO dos cúmplices dos crimes praticados pelos neo-nazistas no Brasil e no resto do mundo. Senão teria ASCO de si mesma...
Paulo Oisiovici Você é a personifcação da coerência...
Natalia Forcat Olhe o que o estado que você defende faz, Paulo Oisiovici. Olhe e me diga que acha disso: http://www.youtube.com/wat​ch?v=OX8euBB_mWo&feature=r​elated 
O Video que Israel não quer que você veja (legendado)  
www.youtube.com
Soldados israelenses invadem casa de família palestina atirando a esmo em homens.
Paulo Oisiovici Fico muito lisonjeado por pessoas como vocês sentirem asco de mim. Obrigado, detesto neo-nazistas.
Paulo Oisiovici Vou trabalhar um pouco... Afinal, não desfruto das comodidades da pequena-burguesia... Lembranças ao Duce e ao Füher de vocês... Tchau... Já tenho um farto material... Obrigado.
Natalia Forcat Sabia que se eu fosse como você poderia te processar por me acusar de ser neo-nazista? Pois você é está comentendo crime de INJURIA E DEFAMACAO. Mas não me importa, pode falar o que quiser, não me importa. Não estou preocupada comigo e assim fica mais evidente como se mostra insensivel perante as imagens de violencia gritante contra palestinos que insiste em fingir que não ve.Natalia Forcat O único burguês aqui é você, que diz ter um advogado do lado em casa para ficar monitorando mensagens em internet.
Natalia Forcat Eu não tenho advogado.
Nelba Nycz São os egoistas, só veem aquilo que entendem ser seu proprio problema, se for com o vizinho, dane-se
Paulo Oisiovici Por falar em omissão... Vocês assinaram o abaixo-assinado do grupo?
Paulo Oisiovici É o trabalho dele... Ele também trabalha...
Natalia Forcat Viu estas cenas, Nelba Nycz? Eu não entendo como alguém pode ver uma coisa dessas e ainda tem estado de espírito para fazer ironias e piadas. Te juro que não entendo.
http://www.youtube.com/wat​ch?v=OX8euBB_mWo&feature=r​elated 
O Video que Israel não quer que você veja (legendado) 
www.youtube.com
Soldados israelenses invadem casa de família palestina atirando a esmo em homens.
Nelba Nycz ahahha isso mesmo Natalia Forcat os playboy
Natalia Forcat Paulo Oisiovici, todos trabalhamos, ok?
Natalia Forcat Mas eu não tenho dineiro para ter um advogado de plantão em casa para ficar ameaçando pessoas que denunciam crimes contra os direitos humanos.
Natalia ForcatPaulo Oisiovici, que acha disto?
http://www.youtube.com/wat​ch?v=OX8euBB_mWo&feature=r​elated 
O Video que Israel não quer que você veja (legendado)   
www.youtube.com
Soldados israelenses invadem casa de família palestina atirando a esmo em homens.
Paulo Oisiovici Fica a pergunta, mesmo sabendo que vocês não responderam a nenhuma das que fiz até agora... Mas, isso não é omissão... Não é mesmo? Vocês são ótimos!
Natalia Forcat Paulo Oisiovici, que acha disto?
http://www.youtube.com/wat​ch?v=OX8euBB_mWo&feature=r​elated 
O Video que Israel não quer que você veja (legendado)  
www.youtube.com
Soldados israelenses invadem casa de família palestina atirando a esmo em homens..
Natalia Forcat Veja bem Paulo Oisiovici.
http://www.youtube.com/wat​ch?v=OX8euBB_mWo&feature=r​elated 
O Video que Israel não quer que você veja (legendado)  
www.youtube.com
Soldados israelenses invadem casa de família palestina atirando a esmo em homens.
Paulo Oisiovici Cite mais o meu nome...Está ótimo! Vocês respondem imediatamente ao estímulo... Pavlov estava certo!
Carlos Molina Como amplia os preconceitos: "nós" e os gôyim ...
Natalia Forcat Que me importam tuas ameaças?
Paulo Oisiovici É uma honra muito grande ser odiado por pessoas como vocês, com esse caráter... Obrigado, odeio nazistas...
Nelba Nycz trágico o video Natalia Forcat, triste e desumano, próprio de um governo sionista, pena que o povo, muitos deles, não saibam e outros que sabem, sao coniventes, outros naoaceitam mas tem medo e se calam. Próprio de ditaduras!
Paulo Oisiovici O que vocês acham do Holocausto? O que vocês acham da atuação dos neo-nazistas no Brasil, contra negros, nordestinos e homossexuais? Hein, correligionários de Bolsonaro? Isso é próprio da democracia? Aí,vocês silenciam... Omissos e coniventes...
Natalia Forcat Eu não odeio você, Paulo Oisiovici. Eu critico o sionismo que é igual ao nazismo. Aliás, o neo-nazismo é sionista, o norueguês que assassinou quase 80 pessoas era um ultra-direitista pro-sionista.
Carlos Molina Nazista, sionista, fascista, franquista, salazarista, integralista são as cabeças de uma mesma hidra.
Natalia Forcat Não vejo o conflito como algo pessoal, critico as ideologias e as ações.
Natalia Forcat Bem dito, Carlos.
Natalia Forcat A história se repete. As mesmas aberrações que nazistas cometeram contra minorias em Europa, os sionistas cometem contra os palestinos: http://www.youtube.com/wat​ch?v=m5nV9QsHPIgHolocausto Sionista: O silêncio dos inocentes  
www.youtube.com
Imagens veiculadas na imprensa mundial, contrapondo os holocaustos nazistas e si.
Nelba Nycz no video: "os israelenses dizemque só atacaram depois que foram atacados" tática!! mimimi
Paulo Oisiovici Acho deplorável o que os sionistas tenham feito de desumano contra os palestinos. Mas, se calam em relação ao Holocausto e a atividade de neo-nazistas no Brasil e no mundo. E até mesmo negam a ocorrência desses crimes como faz Bento XVI e outros, seus correligionários...
Nelba Nycz as fotos "comparativas" são terriveis, se eu fosse israelense, sairia daquele "país" roubado aos palestinos. Me sentiria muito envergonhada!
Carlos Molina Não consigo ver o Paulo e a Grabois, com os históricos pessoais que possuem, defendendo as políticas sionistas de extrema direita do estado de Israel contra o povo palestino, como tenho certeza de que a Nelba e a Natália não defendem qualquer regime extremista de direita! Chega de maniqueísmo!
Natalia Forcat Claro, Carlos! Rsss! Não somos de extrema direita! :^)
Natalia Forcat Aliás, eu sou de esquerda, sou petista.
Natalia Forcat Agora vejam gente de extrema direita e o que eles pensam: http://www.youtube.com/wat​ch?v=2JxFosqYTes&feature=r​elated
Ativistas Sionistas são entrevistados por Reporter judeu  
www.youtube.com
Judeu entrevista ativistas pró-Israel (sionistas)
Natalia Forcat O resporter é judeu, por tanto acredito que não pode ser acusado de ser antissemita, certo?
Nelba Nycz é impressionante como acreditam em baboseiras, como 11/09
Nelba Nycz e "avisam" qdo vao assassinar seu próprio povo, árabes!
Nelba Nycz e se vangloriam disto, que nojo, que gente sem cerebro!
Nelba Nycz se é para matar crianças, dentro da escola, nao se importam! desumanos
Denise Queiroz Ia curtir, mas me parece estranho "curtir" uma coisa assim! Um absurdo o que Israel, com aval de entidades internacionais que deveriam prezar pelos Direitos Humanos, patrocina. Atrocidade, isso é o que sai dos mandatários desse Estado, que assim se mostra Terrorista. Gostaria de ver os bons israelenses saírem às ruas de todo o mundo protestando contra essas e outras barbaridades! Não posso crer que esse absurdo seja avalizado por um povo que tanto contribuiu para o avanço da humanidade.
Natalia Forcat Tem muitos que são contra, Denise. Mas sofrem represálias. O Roman Finkelstein que perdeu seus pais em um campo de exterminio nazista e por tanto não pode ser acusado de antissemita, é perseguido sistematicamente. A Gestapo é fichinha perto da perseguição que eles fazem contra os que questionam seus métodos.
Carlos Molina A estratégia sionista é a ocupação total da palestina.
Nelba Nycz com aval da ONu (criada pelos sionistas para tal fim) e dos "países de primeiro mundo"Carlos Molina Dentro de Israel existe um grande preconceito e discriminação por parte da maioria askenazis contra as minorias sefarditas e Beta Israel, sendo que estes últimos são denominados pela maioria como falashas (estranhos).
Carlos Molina Na Conferência de Ministros das relações Exteriores dos Países não-alinhados, celebrada em Lima, entre 20 e 30 de agosto de 1975, na qual se condenou da maneira mais enérgica o sionismo como uma ameaça à paz e à segurança internacional e se opusessem a essa ideologia racista e imperialista.
Declara que o sionismo é uma forma de racismo e discriminação racial.
(texto aprovado pela Assembléia Geral das Nações Unidas, em 10/11/95, por 72 votos contra 34, e 32 abstenções).

Nelba Nycz ONu aprova - mas nada faz para colocar emprática. é a mesma tática, como a Globo ontem a noite com seus "Princípios" - blábláblá ms fazem o oposto. DH outra balela, cadê a ONU que sanciona o Irã -sem provas - e nada faz com tantas provas contra israel?
Nelba Nycz o que desencanta é que milhares que a assistem acreditam nela, assim como na ONU, Unicef, FAO e outros horrores!
Carlos Molina O problema é que o Conselho de Segurança da ONU é composto por 15 membros, mas somente 5 membros permanentes é que possuem poder de veto: os Estados Unidos, a França, o Reino Unido, a Rússia e a República Popular da China. Mesmo com a China se compondo com a Rússia formam apenas uma minoria.
Nelba Nycz exato Carlos Molina eles fizeram tudo nos mínimos detalhes, se cercaram de todas as formas.
Natalia Forcat Inclusive, Carlos, os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU são os principais paises do mundo produtores e exportadores de armas. Como podemos querer paz se esta se encontra nas mãos dos que precisam de guerras para viver?
Claudia Grabois Segue o link do partido comunista israelense http://pcbam.blogspot.com/​2011/05/partido-comunista-​israelense-codenou.html
Partido comunista brasileiro: PARTIDO COMUNISTA ISRAELENSE. CONDENOU !

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Seja Bem Vindo, Participe!

    Curta a nossa pagina

    Ocorreu um erro neste gadget

    Participe do grupo no Facebook

    Pesquisar

    Ocorreu um erro neste gadget
    “Este é tempo de divisas, tempo de gente cortada. É tempo de meio silêncio, de boca gelada e murmúrio, palavra indireta, aviso na esquina.”
    Carlos Drumond de Andrade