sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

VÍDEO: 5 mil cruzeiros por cabeça

Veja o vídeo produzido a partir de depoimentos de ex-colaboradores do exército. Muitos continuam calados por sofrerem ameaças até hoje.
A repressão à guerrilha do Araguaia atingiu em cheio os camponeses que viviam na região. Além de prisões em massa e tortura, os que sobreviveram se viram envoltos em macabras missões. Assista aqui aos depoimentos dos mateiros, gravados pela Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos
Em três dias de pesquisa nos 149 volumes do processo judicial que investiga o desaparecimento dos guerrilheiros do Araguaia, a relatos de dezenas de moradores que foram obrigados a prender, enterrar, matar e decapitar guerrilheiros – e sofrem até hoje as consequências do que viveram nesse tempo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo, Participe!

Curta a nossa pagina

Ocorreu um erro neste gadget

Participe do grupo no Facebook

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget
“Este é tempo de divisas, tempo de gente cortada. É tempo de meio silêncio, de boca gelada e murmúrio, palavra indireta, aviso na esquina.”
Carlos Drumond de Andrade