quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Andrada pode ser preso por crimes políticos

Ex-goleiro teve passagem marcante pelo Brasil e ficou conhecido por ter tomado o milésimo gol de Pelé em 1969.

O ex-goleiro Andrada pode ser preso em breve por crimes políticos na Argentina. Ele, que teve passagem marcante pelo Brasil e ficou conhecido por ter tomado o milésimo gol de Pelé em 1969, compareceu diante de um juiz na última segunda-feira e permaneceu em silêncio.

Andrada é acusado de ter participado do sequestro e da morte dos militantes Osvaldo Cambiasso e Eduardo Pereyra Rossi, em 1983. Ele seria membro civil do setor de inteligência do exército, na época da ditadura argentina.

O advogado Juan Murray apresentou documentos que provariam a participação do ex-goleiro nos crimes. Após o silêncio de Andrada, o juiz terá dez dias para deliberar sobre a prisão do ex-atleta, pedida pela defesa.

Além de Andrada, Reynaldo Bignone, último presidente da ditadura militar argentina, também estaria envolvido no caso.

Andrada tem 72 anos e iniciou sua carreira no Rosário Central. No Brasil, atuou por Vasco e Vitória e voltou à sua terra natal para encerrar a carreira no Colón. Ele era treinador de goleiros do clube que o revelou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo, Participe!

Curta a nossa pagina

Ocorreu um erro neste gadget

Participe do grupo no Facebook

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget
“Este é tempo de divisas, tempo de gente cortada. É tempo de meio silêncio, de boca gelada e murmúrio, palavra indireta, aviso na esquina.”
Carlos Drumond de Andrade