terça-feira, 5 de julho de 2011

Face da Morte - Anos de Chumbo

Fatima Ferreira Dos Santos
Em setenta e quatro ressurgem as passeatas, as greves e os atos;

Cada vez mais altos os clamores;
Donas de casa, estudantes junto com trabalhadores;
Sindicatos e setores progressistas da Igreja sem dar moleza;
CNBB, ABIOT, valeu UNE;
Todos juntos contra a fome e as espadas na era da farda;
As torturas e as mortes como a de Vladmir Herzog;
Jornalista de brilho, trabalhador Manoel Fiel Filho;
Coisa de louco, a luta pela anistia vai ganhando aos poucos;
Balançando a estrutura;
O governo acuado já fala em abertura;
Mas a elite se segura sangue bom;
Promove atentados á bomba contra jornais de oposição;
Personalidade se entidades democratas;
Não tem mais jeito ta acabando o regime da farda;
Finalmente em oitenta e quatro eles abaixaram suasarmas;
Um civil assumiu;
Mas muita gente que sumiu ainda não foi encontrada;
Paradeiros á desvendar, muitos mortos á enterrar;
As armas frias derramaram o sangue quente dessa gente da gente;
Esse sangue na terra nunca mais se apaga;
Es...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo, Participe!

Curta a nossa pagina

Ocorreu um erro neste gadget

Participe do grupo no Facebook

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget
“Este é tempo de divisas, tempo de gente cortada. É tempo de meio silêncio, de boca gelada e murmúrio, palavra indireta, aviso na esquina.”
Carlos Drumond de Andrade